Exportar Código (jar)

Esta opção exporta o conjunto de códigos-fonte do sistema para um arquivo que será utilizado na pasta systems da instalação do Webrun. Depois de exportadas as fontes do sistema, você tem a opção de utilizá-lo sem necessitar recompilar o webrun. Para isso, você deve colocar o arquivo gerado na mesma pasta onde se encontra o *.wfre do sistema.

O sistema exportado por meio dessa opção terá desativada a funcionalidade do Modo Projeto, ou seja, não será possível fazer mudanças no sistema, a não ser que ele seja novamente gerado.

Se os códigos-fonte do sistema já tiverem sido previamente exportados, depois de efetuada a nova exportação, você deve reiniciar o servidor de aplicações, para que o novo sistema exportado possa ser novamente publicado. Siga as etapas:

  1. Acesse o Webrun e selecione o projeto desejado;

  2. Clique no botão image499.gif;

  3. Na tela Acesso a tela de Configurações, informe o usuário admin no campo Usuário, a senha webrun no campo Senha e clique no botão image501.gif:

    image1841.jpg

            Figura 1 - Tela Acesso à Tela de Configurações

  4. Na Tela de Configuração, clique no botão image569.gif;

  5. Na Tela de Configuração do Sistema - XXX, clique no botão image579.gif. Apresentará a tela abaixo:

    image1134.jpg

                          Figura 2 - Tela de geração código fonte

  6. Na tela consta as seguintes opções:

  7. Na tela Geração de Código Fonte, clique no botão image621.gif e confirme a exportação.

  8. Uma mensagem de aguarde será exibida na tela.

  9. Quando a tela de download for exibida, selecione a opção Salvar e direcione para a pasta systems do Webrun. Renomeie o arquivo JAR para o mesmo nome do WFRE

  10. Reinicie o Webrun.

Ao clicar aqui, pode-se observar a lista de objetos (tabelas, visões, gatilhos e funções) que devem ser mantidos no banco de dados para o perfeito funcionamento do sistema (em tempo de produção).

O botão image622.gif irá apagar as classes exportadas que já foram descompactadas no Webrun. Utilize essa opção e delete o arquivo *.jar, quando for gerar outro arquivo *.jar com as atualizações do sistema.

Observações:

  1. Não é permitido ter mais de um formulário com o mesmo nome em um sistema, pois a duplicação do mesmo pode acarretar erros ao exportar o código do sistema (Jar).

  2. Não é suportado formulários com nome maior que 160 caracteres na exportação de um .jar.

  3. Existem restrições para usuários das versões Standard Edition e Professional. Para mais detalhes, acesse o tópico Recursos e Características das Versões do Maker.

  4. Um sistema publicado (.jar) não pode conter instância.

____________________________________________________________________________

image776.jpg

Caso este tópico não tenha comentário satisfatório, envie e-mail para documentacao@softwell.com.br